8 cuidados na hora de fazer as unhas

Por ser algo cotidiano na vida das mulheres, fazer a unha pode parecer simples, mas é um procedimento muito sério. Vale destacar que as mãos são portas de entrada para o organismo e a falta de higiene ou habilidade durante esse processo pode causar contaminações. Além disso, se os devidos cuidados não forem tomados, o resultado pode não ser satisfatório e as unhas não ficam tão belas quanto poderiam ficar. Para garantir a saúde e a estética das suas unhas, listamos alguns cuidados essenciais a serem tomados na hora de fazê-las em casa ou no salão. Confira!

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Deixe a unha respirar

Entre uma cor e outra, fique um período sem esmalte, pois a química e os pigmentos contidos no produto podem causar um desgaste nas unhas e acabar enfraquecendo-as. Dê um descanso pelo menos uma vez por semana, ou, caso prefira, fique uma semana inteira no mês sem esmalte, lixa e acetona. Esse respiro vai fazer com que as suas unhas fiquem mais bonitas, brilhantes e fortes.

Evite tirar a cutícula

A cutícula é uma importante barreira natural das unhas e protege contra agentes infecciosos que podem causar doenças. Isso significa que, apesar do hábito de remover cutículas ser bastante comum, elas não devem ser retiradas. O ideal é que as unhas fiquem sempre bem hidratadas e a cutícula seja empurrada com cuidado. A estética fica boa e a unha devidamente protegida. Além disso, você evita ferimentos causados pelo alicate.

Não use acetona em excesso

É melhor optar por removedores de esmalte livres de acetona, pois esse famoso produto resseca as unhas, diminui o brilho natural delas, deixa a superfície mais fraca e o esmalte mais opaco. Já os removedores são mais suaves e a sua composição é menos agressiva.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Hidrate as unhas

A hidratação é importante antes, durante e depois de fazer as unhas. Passe hidratantes específicos quando estiver sem esmalte, mas também use um bom creme na hora de fazer a unha, pois isso garante a manutenção do tratamento.

Lixe as unhas corretamente

As unhas, quando são bem lixadas, possuem menores chances de quebrar, lascar ou encravar. Isso significa que lixar não deixa as unhas mais fracas como muitos pensam. É preciso fazer o procedimento sem o movimento de vaivém, pois esse ele levanta e lesiona as escamas das unhas, o que pode torná-las fracas e quebradiças. Lixar a camada superficial das unhas também é um erro dos graves, pois remove a camada protetora e deixa-as suscetíveis a problemas como quebra e micose. O mais indicado é lixar apenas em um sentido.

Não corte muito

Cortar muito o comprimento das unhas e os cantinhos delas, especialmente as do pé, aumenta as chances de as unhas encravarem. Por conta disso, os especialistas recomendam que as unhas não fiquem tão curtas e que os cantos não sejam mexidos, nem mesmo pela manicure.

Passe base embaixo do esmalte

Antes de passar o esmalte pigmentado, independente da tonalidade, proteja suas unhas usando uma base incolor. Se ela for fortalecedora, é melhor ainda! Como a unha é porosa, a esmaltação colorida pode penetrar e manchar as unhas. Por isso é tão importante protegê-las com uma boa base. Também é fundamental que você não use muitas camadas de esmalte, pois o acabamento fica grosseiro e a duração é comprometida.

imagem: divulgação

imagem: divulgação

Fique de olho na segurança

Para evitar dermatites, micoses e até mesmo hepatite, é fundamental que você tenha o seu próprio kit de lixa, espátula, alicate, toalha e palito. Além disso, é necessário observar a higiene do salão, verificar se os instrumentos metálicos foram esterilizados corretamente e se a manicure usa luvas descartáveis.

E então, você toma estes cuidados com as suas unhas? Tem mais alguma dica importante? Conte pra nós através dos comentários!

Comente (será moderado)