6 hábitos que fazem mal à saúde da sua unha

É muito comum tratarmos as nossas unhas como se fossem um acessório do nosso corpo. Apenas nos lembramos da sua função estética, mantendo-as sempre bem feitas e pintadas, e nos esquecemos que elas servem para conferir sensibilidade tátil. Além do que, nos oferecem excelentes modos de ler com simplicidade algumas carências do nosso corpo em geral.

A anemia e as disfunções renais, por exemplo, podem ser percebidas pelo seu esbranquiçamento. Já o amarelamento pode ser indicar uma alimentação rica em betacaroteno, ou a reação a algum fungo. As colorações azuladas ou avermelhadas, por outro lado, podem indicar doenças autoimunes, uma reação a medicamento ou mesmo psoríase.

Retomar essa relação é muito importante, já que nos ajuda a avaliar o quanto é importante nos atermos aos cuidados que as unhas exigem. Para reavaliar como você tem tratado as suas, seguem alguns hábitos não saudáveis que muitas pessoas possuem com elas. Confira a seguir:

Roer unha

Esse é o famoso “hábito da ansiedade”. Onde um está, o outro acompanha. A terminologia clínica para ele é onicofagia crônica. Além de fazer mal às unhas e atrapalhar algumas das suas funções de manuseio, esse costume pode fazer você levar germes que vivem embaixo da sua superfície à boca ou, em caso de ingestão, causar pequenas lesões ao intestino ou estômago.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Corte errado da unha dos pés

As unhas dos pés, por suas características próprias e muitas vezes pelo uso constante que fazemos de sapatos, costumam passar por aquele grande e conhecido incômodo: as unhas encravadas! Muitos não sabem, mas você pode evitar isso parando de cortá-las arredondas e passando à forma quadrada.

Não hidratar a unha

Observando bem, verá que a nossa unha é porosa. Desse modo, ela necessita de hidratação constante. Isso significa que alguns hábitos fazem muito bem a elas, como beber água e usar cremes depois de lavar as mãos.

Usar sapatos de bico fino

Os sapatos de bico fino são bonitos e atraentes, não é mesmo? Mas você deve ter cuidado para não usá-los excessivamente, causando um trauma no dedão ou um descolamento da unha.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Usar meias de nylon

Você já dever ter observado, pelo uso, que esse material não tem uma capacidade boa de absorção do suor. O que pode não ter pensado é que essa característica pode aumentar as suas chantes de ter fungos e micoses nos pés e unhas.

Uso constante de esmalte

A maior parte dos esmaltes apresentam uma química e, se houver uma exposição excessiva a ela, as suas unhas podem ser danificadas. Assim, o melhor a fazer é ter cautela e dar vez ou outra férias a elas. Uma semana é um tempo bom de descanso!

Agora que você já sabe como cuidar das suas unhas, desenvolva novos costumes e passe a observá-las para saber se elas estão se beneficiando deles. Depois que fizer isso, conte para a gente o que mudou! Não se esqueça também de continuar de olho no nosso blog para aprender a cuidar das suas unhas e garantir saúde a elas.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

 

Comente (será moderado)