3 cuidados que você deve ter com a sua unha

Unhas quebradiças, amareladas e descamadas. Esses são alguns dos relatos mais comuns de problemas com as unhas. Mas como tratá-las e evitar esses aborrecimentos? Na verdade, não é uma tarefa difícil, mas é preciso conhecer as suas necessidades e ter disciplina para que elas cresçam do melhor modo. Para ajudar você nessa batalha, separamos algumas dicas que vão fazer você orgulhar-se das suas mãos! Confira!

Hidratação e alimentação são essenciais

Um hábito básico que você deve incorporar no seu dia a dia é o de beber bastante água. O consumo diário mínimo deve ser de seis copos por dia, acompanhado de frutas e sucos, que irão te fornecer vitaminas e sais minerais, fortalecedores naturais das unhas. As frutas vermelhas, leite, ovo, nozes, aveia e espinafre podem ser excelentes companheiros de cuidado pessoal, oferecendo a você as vitaminas A e B12, o enxofre e o silício, indispensáveis ao seu fortalecimento.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Outros hábitos também são importantes

Mantenha as suas mãos limpas e não se esqueça que embaixo das unhas podem se depositar bactérias e outros organismos. Usar creme depois de lavar as mãos irá diminuir muito as chances de encontrar a sua cutícula esbranquiçada e com pontas soltas. Lixar e polir as suas unhas semanalmente auxilia no crescimento saudável – como acessório prefira a versão com quatro lados, que além de lixar e polir, promove brilho e ajuda na remoção de saliências. Dar um tempo de descanso (uma semana, por exemplo) sem pintura é sempre bom, já que dará às unhas uma folga dos agentes químicos contidos nos esmaltes.

Cuidados ao fazer as unhas

Para você que vai fazer as unhas, muitos mitos rondam essa tarefa, então é bom ficar atenta ao que pode fazer antes, durante e depois. Saiba mais:

Antes

Usando o produto indicado e específico, lixe a superfície das unhas com muita suavidade, pois pode agredir a queratina e deixá-las mais frágeis. Para as mãos, o formato não importa muito, mas os pés exigem um lixamento quadrado, já que evita que as unhas encravem. Para garantir uma boa aderência do esmalte, não deixe resíduos do anterior ou de cremes. E seque bem as mãos! Apesar de ser muito comum no Brasil, retirar a cutícula não é o mais indicado, pois ela é uma proteção contra agentes infecciosos. O melhor é apenas empurrá-la com uma espátula, o que não será difícil se a cutícula for mantida hidratada.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Durante

Observe bem a validade do esmalte que for passar. Se deseja prolongar a duração, as bases são muito bem-vindas, pois apresentam uma textura mais rugosa que cria uma excelente superfície de aderência.

Depois

Passados alguns dias, você pode fazer uma manutenção com um finalizador extra brilho; ganhará mais tempo e retardará o trabalho de fazê-las ou deslocar-se até o salão. Na hora de retirar a pintura, o maior vilão das unhas ressecadas e amareladas não é o esmalte (exceto em casos de produtos muito ruins ou alergias, por exemplo), mas a acetona. Para remoção, opte então sempre por um removedor oleoso.

Agora que você seguiu essas dicas e experimentou a sensação de unhas bonitas, fortes,  saudáveis e feitas por mais tempo, deixe o seu depoimento com mais ideias que podem ajudar a manter esse espaço útil à sua saúde.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Comente (será moderado)